Twitter agora permite que pequenas e médias empresas anunciem na rede social

O sistema, que era restrito apenas às grandes empresas, agora passará a estar acessível também aos pequenos e médios empreendimentos. Antes, a exigência mínima de investimentos na plataforma por trimestre era de US$ 7 mil, além de contar com a obrigação de se ter uma agência de publicidade.
Saiba mais: http://bit.ly/1M1uZUV
Fonte: Canal Tech.

68 milhões navegam na internet com smartphones no Brasil

São Paulo – O número de pessoas usando smartphones para acessar a internet chegou a 68,4 milhões no Brasil, no primeiro semestre de 2015. O trimestre anterior mostrava que 58,6 milhões usavam aparelhos do tipo para navegar na web. Houve, portanto, um aumento de quase 10 milhões de usuários nos últimos três meses.

Os números foram obtidos pela pesquisa Mobile Report, realizada pela NielsenIbope. De acordo com eles, o mais crescimento foi entre as classes C, D e E. Antes, a soma das três classes representavam 36%, agora, representa 38%.

As classes predominantes no uso de smartphones para acessar a internet são A e B, que representam 62% do total.

Geograficamente, os smartphones estão concentrados na região Sudeste, que abriga 47% dos usuários. Em seguida está a região Nordeste, com 23% e Sul, com 15%. Apenas o estado de São Paulo concentra 26% dos smartphones conectados do país.

A faixa etária responsável pela maior parcela de usuários é entre 25 e 34 anos – com 27% dos usuários de smartphones no país. Usuários de 35 a 49 anos representam 24% dos usuários do Brasil.

A pesquisa também analisou os hábitos de consumo de conteúdo e de apps da população. Os serviços mais acessados são: redes sociais, e-mail, vídeos, notícias, música e portais de notícias.

Entre os 20 apps mais usados, o destaque fica para as redes sociais, sete entre os vinte. Em seguida, apps de bancos representam quatro desses aplicativos.

Notícias

A pesquisa da Nielsen Ibope também perguntou aos entrevistados a relação com o consumo de notícias no smartphone. Entre os usuários de internet no celular, 40% afirmaram consumir notícias pelo aparelho.

O hábito mais comum é de abrir o navegador para acessar as notícias – resposta de 68% dos entrevistados que procuram notícias no smartphone. Redes sociais (com 42%) e apps de mensagens (com 30%) são outras maneiras de acessar o conteúdo.

A pesquisa da Nielsen Ibope foi realizada pela internet com 908 usuários de smartphones de todo o Brasil entre 26 de abril e 5 de maio de 2015.

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/68-milhoes-navegam-na-internet-com-smartphone-no-brasil

Como o suporte remoto pode melhorar o atendimento ao cliente

Fonte/Autoria.: Sing Comunicação de Resultados

Tradicionalmente conhecido para computadores, o suporte remoto evoluiu muito nos últimos anos e hoje tem a capacidade de controlar remotamente praticamente qualquer “device”, incluindo smartphones
As soluções de suporte remoto hoje permitem proporcionar uma melhor experiência para o usuário e ao mesmo tempo expandir a produtividade da área de assistência ao cliente, tudo com custos reduzidos. É justamente com esse objetivo que cada vez mais organizações de todos os tipos estão se voltando para soluções de suporte remoto que permitem à equipe de suporte se conectar a dispositivos, obter diagnósticos de sistemas, verificar configurações e tomar controle do dispositivo para um suporte rápido e eficiente.
Com o crescente investimento em serviços de suporte e IT no Brasil, segundo os dados do IDC, indicando que os investimentos em serviços de TI no país apresentam taxas de crescimento três a quatro vezes superiores às do PIB do Brasil, ferramentas e soluções que aumentem a sua eficiência passam a ser cruciais. Também, segundo a estimativa da consultoria norte-americana Gartner, os investimentos com tecnologia da informação no país atingirão, este ano, US$ 125,3 bilhões, um crescimento na ordem de 5,7% sobre os US$ 118,5 bilhões projetados pela empresa para 2014.
“Hoje o suporte remoto pode auxiliar no atendimento ao cliente dos mais diversos segmentos e  está se tornando cada vez mais presente na vida dos usuários. Imagine que um agente de call center com quem você está falando pelo telefone, com as ferramentas certas, ganha poderes especiais e para resolver o seu problema  pode tomar o controle de seu computador, tablet, celular ou até mesmo das “coisas” como se estivesse pessoalmente em sua casa com esses equipamentos em suas mãos.”, destaca Gustavo Boyde, gerente de Marketing da LogMeIn para América Latina.
Confira algumas dicas da LogMeIn sobre como o suporte remoto pode melhorar o atendimento ao cliente:
Aumente a satisfação do cliente
De acordo com a TSIA (Technology Services IndustryAssociation), os clientes tendem a ficar 14 vezes mais satisfeitos com a solução de problemas quando suas expectativas em relação ao tempo da solução são atendidas. O suporte remoto agiliza a solução de problemas porque permite aos agentes terem rapidez no acesso remoto, diagnóstico e solução dos mais diversos problemas técnicos.
Reduza seus custos e aumente a produtividade
Longas conversas telefônicas podem pressionar os custos de suporte, sem falar nos custos de profissionais de campo visitando os clientes. Com suporte remoto o tempo de resolução dos problemas e diagnóstico assertivo promovem um grande ganho produtivo. O tempo das chamadas pode ser reduzido pela metade,bem como número de segundas ligações,pois a solução do cliente é dada logono primeiro atendimento – “FirstCallResolution”. Diagnosticar e resolver os problemas rapidamente em apenas uma ligação e sem a necessidade de enviar um técnico ao localpode significar uma grande economia financeira para a organização.
 Melhore suas métricas
O suporte remoto proporciona diversos recursos que melhoram as métricas de suporte e atendimento ao cliente. Diagnósticos rápidos permitem a verificação de dados técnicos essenciais automaticamente, agilizando a solução de problemas e evitando a frustração de usuários e agentes. Estas soluções reduzem o tempo de gerenciamento dos casos e permitem que os agentes controlem as máquinas dos usuários, realizem os procedimentos necessários e verifiquem as configurações em vez de ter que orientar usuários inexperientes ou enviar um técnico ao local.
Determine o Retorno Sobre Investimento do Suporte Remoto
Uma das melhores maneiras de saber se uma solução de suporte remoto está cumprindo o seu propósito é determinar seus principais indicadores de desempenho (KPIs) e monitorar em que medida a solução torna essas mensurações mais efetivas.Os KPIs usados para medir a eficiência incluem: volume de chamadas; soluções de problemas na primeira chamada ou sem escalação para suporte nível dois; tempo médio de gerenciamento para solucionar o problema do cliente. Os KPIs de valor para o cliente são: satisfação do cliente, feito por meio de pesquisa de usuários; índice NetPromoter (NPS) – métrica que reflete a possibilidade de o cliente recomendar um produto ou serviço para um amigo ou colega.
Existem diversas soluções no mercado para suporte remoto, entre elas se destaca o Rescue daLogMeInque é a solução número 1 do mundo hoje quando se fala de suporte “premium” e avançado para atendimento aos clientes. Se não for necessário dar suporte a clientes e o objetivo principal é gerenciar os computadores internamente, é possível testar gratuitamente o CENTRAL, também da LogMeIn.

8 dicas para alavancar as vendas no Dia das Mães

Da: Agência Sebrae de Notícias

No segundo domingo de maio é comemorado o Dia das Mães. O Sebrae no Espírito Santo, com o objetivo de fortalecer e ampliar as oportunidades dos empreendedores durante uma das datas mais movimentadas no comércio brasileiro, preparou oito dicas para aumentar as vendas e movimentar o faturamento dos empresários.

A analistade Atendimento Individual da instituição, Jéssika Tristão, ressalta que ações e atitudes relativamente simples dos empreendedores muitas vezes acabam aumentando o faturamento até de forma involuntária, mas planejamento e direcionamento são ferramentas que auxiliam a alavancar as vendas. “É importante planejar previamente para obter os melhores resultados possíveis com as datas comemorativas. Algumas dessas datas especiais chegam a ser responsáveis por mais de 30% do faturamento da empresa”, afirma.

Confira as oito dicas para ampliar as vendas do seu negócio no Dia das Mães:

1) Organize sua loja
Evite barreiras físicas que dificultem a circulação ou a visualização dos produtos, verifique se as portas são amplas e se a entrada da loja está livre, garanta também a acessibilidade de cadeiras de rodas e/ou carrinhos de bebê.

2) Invista na comunicação visual do negócio
O ambiente para o cliente realizar as compras deve ser agradável, proporcione conforto, temperatura adequada, aromatização, decoração temática e iluminação. Lembre-se que caso o ambiente tenha sonorização, que seja agradável a todos os gostos.

3) Faça propaganda do seu negócio
É necessário que o empreendedor entenda que não é necessário investir muito para fazer propaganda. Há ações de baixo custo ou até mesmo de custo zero. Explore as redes sociais e abuse da criatividade, envolvendo-se com comunidades, divulgação boca a boca, distribuição de folhetos, utilização de faixas, serviços de som e outdoor móvel, como carros.

4)  Ofereça promoções
O consumidor que mantém a empresa. Logo, nada mais justo do que ter bons descontos. Pode ser um frete mais barato ou desconto em produtos ou serviços específicos. O importante é mostrar ao cliente que ele está pagando menos.

5) Escute seu cliente
No Dia das Mães, abra ainda mais o canal de comunicação entre a empresa e o cliente. Escute o que ele deseja, suas reclamações, sugestões e elogios. E trace um plano de ação para pôr em prática as melhorias sugeridas por ele. Saber as necessidades e expectativas de seus clientes, pode ser um fator que facilita a comercialização de algum(ns) determinado(s) produto(s).

6) Treinamento de equipe
Se você tem um pequeno negócio, não será tão difícil deixar sua equipe bem preparada para atender. Conhecer o produto ou serviço oferecido e saber lidar com clientes são atitudes fundamentais. Lembre-se que mesmo quando um cliente vai até seu estabelecimento para olhar alguma promoção, o bom atendimento pode fazer a diferença para que uma compra efetiva aconteça no momento, que sua empresa seja indicada para outros clientes ou mesmo para as compras futuras dele.

7) Fique de olho na concorrência
Seja no concorrente similar ou maior que você, que fornece um serviço ou produto igual ou semelhante ao da sua empresa, fique atento ao que está acontecendo no mercado e quais as necessidades ou desejos do cliente. Assim você tem mais chances de atender. Mas, lembre-se de ser sempre fiel aos seus valores e aos do seu negócio.

8) Não tenha medo
Inove sempre que possível. Mesmo que sua empresa trabalhe com um produto ou serviço de sucesso, sempre existe a possibilidade de inovar e atender outras expectativas, desejos e números. E quando se trata de datas comemorativas, inovar pode ser um diferencial para se destacar.

Fonte: http://revistapegn.globo.com/Dia-a-dia/noticia/2015/04/8-dicas-para-alavancar-vendas-no-dia-das-maes.html